8 de julho de 2016

Olá Pessoal, tudo bom? Passei um tempinho nos últimos meses deixando os filmes um pouco de lado e encarando um pouco das séries. Fazia um tempo que eu não me ligava em nenhuma, mas como decidi colocar a ultima temporada de game of thrones em dia, despertei o vicio em mim e aproveitei para conhecer novas.
Série é um bicho complicado, daqueles que sempre te faz passar raiva e você ainda precisar esperar um ano passando raiva para saber se o destino dos protagonistas vai mudar, eu não tive muita sorte com série ultimamentem mas decidi colocar aqui as que assisti, eu considerando boas ou ruins..
Lembrando que é só o MEU GOSTO, você pode assistir e ter uma opinião completamente diferente da minha, como eu disse para série eu sou bem chatinha, afinal geralmente perdemos anos acompanhando, tendo os personagens quase como membros de nossas vidas, então se não agrada, o relacionamento termina rapido.
Mas vamos lá:


SUPERNATURAL
Temporadas assistidas: 10

Eu sinceramente ia deixar esta série por ultimo, com medo de causar polêmica entre os fãs da série, mas decidi não dar voltas já que de qualquer forma o incluirei nessa lista.

Sinopse:
Desde que era pequeno, Sam Winchester (Jared Padalecki) tentava escapar do próprio passsado. Após a misteriosa morte de Mary (Samantha Smith), o pai de Sam passou a procurar vingança contra as forças do mal que mataram a esposa, destruindo qualquer ser maligno que cruze o seu caminho. Ao contrário de Sam, Dean (Jensen Ackles), irmão mais velho, sempre quis seguir os passos do pai. Sam está determinado a se livrar do "negócio da família", mas sua vida está prestes a tomar os rumos que ele não desejava, quando ele fica sem escolhas a não ser unir-se ao irmão.

Ok, sinopse meia boca do Adoro cinema, porém supernatural é mais complexo que isso. Supernatural tem nada mais e nada menos do que 11 anos de série, 11 temporadas e milhares de fãs pelo mundo, eu sempre ouvi falar, sempre me indicaram, mas eu não tive curiosidade o suficiente para começar a assistir até viajar até brasilia para visitar uma amiga e estar passando na tv a cabo. Minha amiga me perguntou se eu assistia, e disse que era uma série que não precisava acompanhar todos os espisodios, que cada episódioe ra alto explicativo e facil de acompanhar.
Depois de uma marotona de 7 temporadas de sons of anarchy que é bombastica decidi optar por ua coisa mais simples de acompanhar.



Supernatural é simplesmente uma série escrita de forma banal para fazer sucesso: Os dois personagens bonitões agradam qualquer tipo de publico feminino e tem caracteristicas que as mulheres buscam:
Dean  Winchester é o valentão com um lado superprotetor, e apesar das piadas homofóbicas e machistas que a dublagem do Brasil impõe, tem seu lado sentimental que tenta manter escondido mas smepre vem a tona quando se trata da sua relação super dependente com seu irmão Sammy. Dam é aquele cara para salvar o dia (que provavelmente foi estragado mundialmente pelo seu irmão), o que usa a força e atra antes de perguntar.
Sam Winchester: O boy magia estranho, gato e incompreendido, quase um personagem do filme crepusculo, se fode do começo ao fim e se não fosse seu irmão ja tava morto nos primeiros 2 minutos da série e assim é todos os episódios. Possui um lado extremamente sensível, e é o lado inteligente da familia, o que pergnta antes de atirar, o cérebro que cuida das pesquisar e lógicas, e mesmo assim a maioria das vezes estraga tudo por agir mais com a emoção, e para não se tornar monótimo muitas vezes mostra que pode ser mal e é claro que não é tão dependente da presença do irmão.


A bordo de um Impala, Sam e Dean se juntam para cuidar dos "negócios da familia" após o desaparecimento do pai e a morte da namorada de Sam que parecem estar interligados, os negócios trata-se simplesmente de caças seres demoniacos como Ghouls, fantasmas, golens, capirotos
A história parecia interessante no começo, até que começa a envolver uma louca história com anjos, demônios e os irmãos winchesters começam a morrer e voltar toda temporada.
Com o tempo as discussões deles começam a se tornar repetitivas, e o amor dos dois começa a se tornar obsessivo e enjoativo, começando a afrouxar um pouco na oitava temporada.
A série não é o tipo que faz de tudo para pareer séria e legítima, estão sempre zuando consigo mesmo, com seus fãs e zoam até sobre a relação dos irmãos como implicitamente gays e se não fossem irmãos podia ser sme duvidas um casal.
Zoeiras com os atores, com os roteiristas, com os personagens estão rpesentes toda hora, dando uma leveza comica a série que deveria ser assustadora pelo tema que aborda.

Agora você pergunta: Mas akasha, depois de dizer tudo isso, então por que assistiu até a nona temporada? A resposta é simples:




Jared Padalecki - Sou apaixonada pela beleza desse cara desde a época de Gilmore Girls e quantp mais envelhece mais gato fica.
E realmente é uma série fácil para assistir quando estou trabalhando por que não rpeciso ficar olhando o tempo todo para a tv tentando entender, ou prestar atenção em ada detalhe de cada episodio, o que torna fácil assistir 9 temporadas, e ainda tem mais 2 para terminar.


SONS OF ANARCHY
Temporadas assistidas: 7 (completa)

Para começar eu tenho que dizer: EU AMO SONS OF ANARCHY
Não entendo até hoje como demorei tanto tempo para  começar a assistir essa série, 7 anos sendo rodada, personagens cativantes, histórias chocantes e envolventes.
Depois da queda do Mega filmes decidi investir no sites de séries e optei por começar por SOA e não me arrependo. Depois de ter assistido a série decidi até comprar uma moto, as cenas de estrada, as harleys enfileiradas, os coletes de couro fazem qualquer pessoa apaixonada pirar.

Sinopse:

Em Charming, uma pequena cidade fictícia no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, habita o clube de motociclistas Sons of Anarchy. O grupo lida com atividades ilícitas como o tráfico de drogas e filmes pornô e é liderado por Clay Morrow (Ron Perlman) e Jax Teller (Charlie Hunnam). Além do esforço para conciliar a sua ocupação com a família e os filhos, eles tem de conviver com suas opiniões diferentes: enquanto Morrow opta pela tradição violenta, Teller se inspira no discurso revolucionário do diário de seu pai falecido.


O incrível na história e nas temporadas de Sons of Anarchy é acompanhar a evolução e amadurecimento de cada personagem, a primeira temporada é uma introdução ao moto clube e de seu funcionamento em tempos calmos, para conhecer por cima como funciona a família Teller & Morrow e de seus agregados em SAMCRO. Um moto clube ligado a vena ilegal de armas, com uma oficina como fachada. Com o desenrolar de cada temporada acabamos entrando mais na vida de cada personagem que compoé a mesa de votação do moto clube e nos deparamos tambem com personagens temporários que acabam também nos conquistando.
A segunda e a terceira temporada tem situações um pouco repetitivas, presa na mesma situação o que torna essas temporadas cansativas, mas que se torna mesmo assim importante para entender o processo de amadurecimento do personagem centro de tudo: Jax Teller.
Jax se vê o tempo todo entre dilemas, principalmente após encontrar um diário do pai que coloca em prova tudo o que acreditava sobre o moto clube.
Ele começa a se tornar pacífico e quer as coisas certas, trazer o verdadeiro espirito perdido pelo moto clube e ter uma vida baseado na legalidade e não ser mais um fora da lei para poder cuidar de seu filho, e a busca por essa paz acaba trazendo um caminho de sangue, desordem e caos para atingir sua meta.


As mulehres do SOA, apesar de só andarem na garupa não fazem papéis secundários, são totalmente essênciais ao enredo e se mostram muito mais inteligentes e poderosas que os homens, um homem pode ser forte, mas o amor e a devoção pode derrubar até o ser mais firme e elas sabem disso e lutam por seus homens com unhas e dentes, levando seus atos até as ultimas consequências para proteger a sua familia.
Cenas chocantes são protagonizadas por mulheres a todo momento, para mostrar a força e o comprometimento com o moto clube, principamente quando se trata de Gemma Teller, mãe de Jax, que vive e morre por seu filho e seu motoclube e faria o que deve ser feito para que tudo continue como ela quer.



Os personagens de soa não são bons, mas também não são suficientemente maus, todos tem seu momento bondade, apesar de foras da lei tambem estão dispostos a ajudar quem precisa a seu modo e se tratam como irmãos, do qual a lealdade e carinho são claros, mas quando a vida pede podem ser tão cruéis quanto o diabo.
Você irá se apaixonar, chorar, rir, odiar e amar cada um em seu determinado momento, é uma série pesada, porém recomendo de todo coração pois o enredo chea a ser porético em acompanhar a evolução de Jax teller para aquilo que ele tentava não se tornar, sem duvida minha série favorita, pena que acabou :(


PENNY DREADFULL 
Temporadas assistidas - 2

Confesso que comecei a assistir esta série devido a participação de nossa diva gótica/indie Eva green, desde o filme Os sonhadores que eu acompanho sem pastenejar qualquer série ou filme que ela participe, a idéia de Penny Dreadful me lembrou um pouco o filme "A liga extraordinária", e eu achei que seria uma versão melhorada do filme, mas não deu muito certo. Sei que existem muitos fãs dessa série, mas eu realmente não gostei do propósito dela, e as vezes me pergunto se ela tem realmente algum propósito.  Alguns personagens, como Dorian Gray, tem um papel muito coadjvante, onde estou esperando duas temporadas, sem exito, me surpreender de alguma forma, pois está muito apagado, em duas temporadas a história é repetida e ninguém explica o certo o por que de tudo aquilo estar acontecendo e qual de fato é a ligação de todas aquelas pessoas que se conectam diretamente ou indiretamente, assisti as duas temporadas lançadas no net flix, e aguardo para assistir a terceira, que anunciaram ser a ultima, apenas pelo desencargo de concienca, na expectativa que esta s´erie se salve nos 10 segundos do ultimo tempo


Sinopse:
Penny dreadful é uma série de terror com toques sobrenaturais que se passa na cidade de Londres na época vitoriana. A história conta com personagens clássicos da literatura como Frankenstein, Conde Drácula e Dorian Gray, e seus contos de horror, origem e formação se misturam à narrativa dos protagonistas. A série é estrelada pelos atores Josh Hartnett e Eva Green, e conta com Sam Mendes como produtor executivo da atração. Penny Dreadful é a aposta do canal Showtime no gênero do terror e do suspense, e tem uma abordagem psicossexual da trama de monstros, criaturas e demônios.


REIGN - 
Temporadas assistidas: 2

O reign apareceu na minha vida depois de algumas postagens minhas sobre Anna Bolena e o seriado The Tudors, algumas pessoas me indicaram este seriado como uma extensão do outro seriado e eu fui logo abraçando com unhas e dentes... e me arrependi.
O que eu não gosto neste seriado: O figurino que parece ter saído do guarda roupa da Paula Fernandes, as músicas que parecem ter sido escolhidas pelo mesmo produtor que escolheu a do High school music... chega a ser broxante ver eles dançando em bailes medievais ao som de ketty perry... os episódios são repetitivos e cansativos, e eu não desenvolvi nenhuma afeição pela protagonista, que é simplesmente mimada e irritante, e a atriz não é cativante em seu papel como nossa rainha Anna bolenna de The tudors...
Assisti duas temporadas que podem ser descrita como "o jogo do matrimonio", ao invés dos jogos dos tronos, é totalmente gossip girls da era medieval e eu confesso que tive que pular alguns episódios no meio para poder aguentar as duas temporadas sem tentar desistir da vida


Sinopse:   A producão adapta a história de Mary Stuart, rainha da Escócia. Na vida real, Mary sucedeu seu pai, o rei James V, quando tinha apenas seis dias de vida. Criada pela mãe, ela passou sua infância e adolescência na corte francesa de Henrique II e Catarina de Medici, enquanto a Escócia era comandada por regentes. Aos 16 anos, se casou com Francis, herdeiro do trono da França, que faleceu pouco depois. Viúva aos 18 anos, ela retorna para a Escócia para assumir seu trono. Lá ela se casa com seu primo, que mais tarde é morto. As suspeitas recaem sobre o Conde de Bothwell, que se casa com Mary. Forçada a abdicar o trono em favor de seu filho (na época com um ano de idade), Mary pede refúgio à sua prima, a rainha Elizabeth I da Inglaterra que, considerando-a uma ameaça ao seu trono, ordena sua reclusão. Cerca de dezoito anos depois, Mary é condenada e executada por tramar contra Elizabeth.


The Lizzie Borden Chronicles
Temporadas assistindas: 1 - completa

The lizzie borden chronicles é mais um seriado com  atriz considerada musa gótica/indie, christin ricci andou desaparecida mas retornou ao netflix com esta trama em filme e seriado, e eu tive a oportunidade de assistir os dois... para os eriados er compreendido, ´e necessário ter assistido o filme previamente pois a série é simplesmente a continuação do filme, dando mais enfoque ao relacionamento com sua irmã do que a sua personalidade psicopata, que começa a ser escancarada, diferente do filme, e ela começa a ser vista como heroina as avessas, além de vilã..
É uma história bem fácil de acompanhar, temporadas curtas e sem muito rodeio, para quem gosta de suspense soft.


A vida da suspeita de assassinato, Lizzie Borden, é explorada após a garota ser absolvida do assassinato de seu pai e de sua madrasta, em 1982. Continuação do filme para a TV Lizzie Borden Took an Ax, de 2014.


MENÇÃO HONROSA


Alguns anos atrás eu já fiz sinopse sobre Game of thrones, onde pude acompanhar desde seu lançamento no hbo, mas eu tenho que fazer ao menos uma menção aqui sobre a ultima temporada, que está dando o que falar. Segundo noticias, restam apenas duas temporadas, então os episódios estão sendo definidos e o publico ja está se dividindo em torcidas, agora é só esperar  a próxima temporada em abril <3 p="">

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 27 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página