26 de julho de 2016


Quando pensamos em grandes bateristas, com certeza nossas maiores referências são homens: no rock and roll, Keith Moon, do The Who, Ian Paice, do Deep Purple, Neil Peart, do Rush, e John Bonham, do Led Zeppelin, são alguns dos nomes que vêm à mente quando pensamos em grandes nomes da história do instrumento.
Aos pouquinhos, porém, as meninas mostram que estão tomando o gosto pelas baquetas e estão se multiplicando, trazendo grandes nomes inclusive no Brasil.

Depois de arranhar muitos instrumentos de forma autodidata, cheguei a um ponto na vida que eu tinha que arranjar algo para fazer bem longe de casa, afinal trabalhar em casa muitas vezes resume-se a passar dias trancafiada sem ver nada além de seus próprios móveis... por sorte descobri uma escola de música próxima a minha casa e decidi fazer algo que eu sempre quis tocar: Bateria.
Eu vou confessar para vocês, uma das coisas que me levou a decisão foi a quantidade escassa de bateristas, principalmente mulheres, no meio da música.... e bateria sempre me chamou atenção, porém me dava um certo medo de não ter cordenação, de não trer força ou preparo físico, mas vou contar algo para vocês: tudo se aprende com treino e dedicação.. no começo eu achei que eu seria péssima, mas ao passar das aulas descobri que esse é realmente o instrumento que quero tocar pro resto da vida <3 p="">Faço uma aula por semana, pretendo fazer duas após resolver melhor a minha vida, bateria não é um instrumento extremamente dificil,. como todos os outros exige dedicação, estudo e prática, eu confesso que estou pecando nestas três coisas pois esse primeiro semestre tem sido uma loucura para mim, mas para esse novo semestre que se inicia planejo comprar a minha própria bateria e dedicar ao menos 4 horas por dia para estudo, é um instrumento simplesmente Libertador!


Lista de algumas Bateristas Mulheres: 





Meg White: É a baterista da banda The White Stripes, junto com Jack White, que ouve boatos que eles eram ex-casados, mas eles sempre falaram que eram irmãos, (aa, um considerava o outro irmão, ah todo mundo entendeu) é bem timita e fala poco nas estrevistas, mas nos videoszinhos soltos pela net... bem não é bem essa garota timida que aparece... a banda é boa, é meio.. um rock alternativo.

Torry Castellano: É a baterista da banda The Doonas, que teve problemas pra gravar o album Gold Medal, que tinha que toca em uma velocidade maxima, e causou  tendinite,

Dee Plakas: Baterista da banda L7 ,

Sandy West: Foi baterista da banda The Runaways, e a primera baterista de rock and roll. Em 2005 foi diagnosticado cancer  no pulmão que mais tarde se espalhor pro cerebro. Ela faleceu em 2006

Molly Neuman: Baterista da Bikini Kill Ela foi um dos pioneiros do início até meados dos anos 90 o movimento riot grrrl


Palmolive: É um shampoo muito legal e me lembra Hippies(mesmo que hippies nao lembrem banho) mas em questão de  bateristas é Palmolive era um baterista e compositar original para grupos influentes do punk The Slits e The Raincoats e também era baterista da banda Paloma McLardy

 



Samantha Maloney : Hole, Shift, Mötley Crüe, Scarling, Eagles of Death Metal, Peaches, Chelsea Girls, The Ingenues, Brother Clyde e se montar uma   banda na minha ( sonhar é bom) , essa é Sanantha Maloney...

Janet Weiss : é a baterista da banda Sleater-Kinney, que é uma banda de rock alternativo que teve influencia no movimento riot grrrl

Drikat Crash:  da  banda de rockabilly Henry Paul Trio, queria tocar bateria desde os 16 anos. Entretanto, não teve oportunidade de experimentar de verdade o instrumento antes de entrar na banda, em que trabalhava anteriormente como... empresária.

Nina Pará:  da banda  de pop-rock Lacme, que afirma ser discriminada mesmo sendo professora de bateria. “As pessoas acham que tocar bateria é algo masculinizado. Uma vez me candidatei a uma vaga de professor de bateria estilo rock. Você acredita que o responsável me falou que eles não aceitavam mulher?”, conta ela, indignada. “Sempre que faço algum show, as pessoas olham fixo para ver se tenho capacidade”.

Denise Dufort:  baterista da banda Girlschool, uma banda formada só por mulheres, tipo a the runaways, esta banda conquistou fama com a musica, não com a bunda e com  sua  roupa apertada. Ah e essa banda teve bastante apoio do Motörhead pra ver como a banda é boa, e ela ainda ta na ativa, (mesmo com uma serie de modificações)

Debbi Peterson: baterista, baixista e ajuda no vocal da banda The Bangles, que assim como as outras esta é uma banda formada dó por mulheres, é uma banda de pop/rock, pop. Na real, como  a maioria das bandas, sairam algumas integrantes, muda um poucão do estilo, e acaba caindo no pop/rock... tragico (mas a Debbi continuou)

Roxy Petrucci da banda de Had Rock Vixen, uma banda que ja teve 16 e-integrantes, e todas mulheres... isso que é uma banda feminina

Nicki Wicked : da banda Crucified Barbara que começou em 1998, nos subúrbios de Estocolmo. Começou por ser um projeto de punk rock, mas acabou por se tornar uma banda de metal alternativo

Helen Destroy: de mais uma banda do movimentoo Riot Grrrl  Lunachicks


Uma revista de mulheres, para mulhers, totalmente brasileira




Para quem quiser saber mais sobre as bateristas mulheres do Brasil, a  Hi Hat Girls Magazine tem como objetivo, além da divulgação das bateristas brasileiras, incentivar meninas a tocarem bateria e facilitar o acesso a informações sobre o instrumento, através de uma linguagem descomplicada. Cada edição é acompanhada por uma coletânea com bandas independentes que tenham mulheres nas baquetas. A equipe editorial se prepara para o lançamento da quarta edição, a ser lançada em junho deste ano.
Sobre a Hi Hat Girls Magazine: www.hihatgirls.com


 Hi Hat Girls Magazine é uma publicação digital que tem como foco as mulheres bateristas brasileiras. Pioneira e gratuita, a revista teve início em 2012 e é organizada por bateristas de diferentes estados brasileiros, dentre elas Lucy Peart (Curitiba), Lary Durante




Image and video hosting by TinyPic

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 27 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página