5 de setembro de 2017


O João era aquele típico cara que acabou de sair de um relacionamento, sabe? Batia no peito para dizer que dali para frente não se apaixonaria mais por ninguém. Bateu 1 mês, instalou o tinder, fez um grupinho de amigos, bora pra balada que hoje eu quero transar!
Olha só cara, e não é que nessa balada deu de cara logo com a Mariazinha? Menina bacana aquela, tinham tudo em comum, gostavam dos mesmos livros, os mesmos heróis na infância, e ela tinha aquela covinha quando ria que era uma graça, menina do mundo.... transaram depois de uma das melhores noites de suas vidas, e na manhã seguinte João recolheu apreçado suas roupas.
Mariazinha ligou depois de dois dias, queria saber se João queria ver um filme, jogar uma sinuca, ou quem sabe roubar um banco, ela riu. João não queria sair com Mariazinha, ela era uma garota apaixonante.... E se apaixonar para que? Muito cedo, ainda não superei aquela louca da minha ex, que não me deixava sair sozinha com meus amigos, que fez aquele escândalo na frente da família no Natal, bora beijar mais bocas.
De boca em boca, depois de noites repetitivas, exaustivas, conheceu a Sônia. Sônia, aquela menina eloquente, falava sem medo, os dois riam tanto... Ela era de virgem e ele de peixes, sabia as falas do filme preferido dele de cor, e haviam feito o mesmo intercâmbio em cuba em diferentes épocas do ano, que coisa, não? João já não era tão bom com o tinder, as opções estavam já escassas, resolveu atender a ligação da Sônia no dia seguinte, e sair com ela mais uma vez.
Saiu por 3 meses com a Sônia... Ah, a Sônia, aquela menina tão bonita que o entendia como ninguém, aquela que não ligava se ele saia com seus amigos, não fez escândalo no Natal, na verdade, era quase uma cúmplice em seus sonhos mais secretos.
Então aquele amigo perguntou: "- Mas e ai, quando é que vai namorar a Sônia?"
Ah meu Deus, eu não posso namorar... afinal relacionamento é isso não é, igual ao meu com minha ex louca, que jogou aquele copo na parede em uma discussão, que me traiu com meu amigo, que não deixava eu ter amigas... A Sônia deixa, a Sônia não atira copos,a Sônia nunca me traiu, mas eu não quero me comprometer.
Não quis mais sair com a Sônia.
Nos próximos dois anos encontrou mais umas duas Mariazinhas e talvez uma quase Sônia, e deu as mesmas desculpas, a mesma respostas... e depois mais ninguém.
4 anos se passaram e João continuava sozinho, por tédio desinstalou o tinder, não tinha mais graça aquela balada com os amigos, e de domingo aquelas bocas não preenchiam cama.
Foi stalkear a Mariazinha, estava morando em Londres, Mas e a Sônia, cadê a Sônia? Droga, arranjou um marido, e me deixou aqui, sozinho...
Os amigos arrumaram namoradas, agora João segurava vela, João queria alguém, João se sentia sozinho, se sentia carente, e para suprir sua carência pediu a Cleuza em Namoro.
Cleuza, uma menina que também gostava de quebrar copo, que gritava no natal na frente da família dele, que as vezes o traia com seus amigos, mas que estava disponível e também carente.
Ficaram 3 anos nesse pé de guerra, terminaram e João disse que não queiria mais se apaixonar, batia no peito para dizer que dali para frente não amaria mais ninguém. Bateu 1 mês, instalou o tinder, fez um grupinho de amigos, bora para a balada que hoje eu quero transar!
Olha só cara, e não é que nessa balada deu de cara logo com a Joana? Menina bacana aquela... mas eu não quero me relacionar... aquela minha ex louca...
Não existe tempo para se permitir, não existe uma regra para se relacionar, as vezes não fazemos o que nosso coração deseja e acabamos fazendo escolhas erradas baseados em vontades erradas, se algo deu errado no seu relacionamento passado, não quer dizer que acontecerá o mesmo no seu relacionamento futuro se ele começou pela atração certa, as pessoas não são as mesmas, você não vai ser o mesmo a cada relacionamento.... então permita-se amar e ser amado, até o dia que for....
Sempre existirá um novo começo para o amor, mesmo quando existe um fim.



Image and video hosting by TinyPic

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 28 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página