7 de dezembro de 2016
(Momento tumblr na praia em frente ao centro de eventos)

Semana retrasada, exatamente na quinta feira, rolou um evento destinado ao público motociclista em Caraguatatuba, fiquei sabendo desse evento duas semanas antes do inicio, em um bar de moto clube aqui perto de onde eu moro, meu irmão ficou bem animado para ir, pensei: Por que não? Fazia um tempinho que eu não colocava o pé na estrada,e  mais tempo ainda que eu não via o mar, então abracei a ideia e decidi me jogar, ainda mais pelas bandas anunciadas: Titãs, Velhas virgens, Kid Vinil, Cracker Blues e outras...
A ideia inicial era irmos de comboio com o pessoal do Clã Liberto, amigos nossos, eu nunca pilotei de comboio e estava louca de vontade de fazer isso alguma vez, mas infelizmente também não foi nesta, acabou que o clã teve uma mudança de planos e mudaram o destino, e eu decidi continuar meu caminho, mesmo que sozinha, mas por sorte meu amigo leandro, meu irmão e sua namorada abraçaram o jogo e encararam a estrada comigo

(Urso entalhado em madeira pelo próprio dono do camping )

O segundo passo para esta viagem foi saber mais sobre o evento, o que foi complicado, por que eu vi várias versões de um mesmo flyer, e cada um com uma informação diferente, o que foi bem complicado, tudo o que sabiamos é que era um evento chamado Mega Caraguá, e que aconteceria de quinta a domingo em Caraguatatuba, para saber se haveria camping, café da manhã incluso, como é comum em muitos eventos de motociclistas, e para saber o valor da entrada tive que recorrer a ajuda de universitários, achar o evento oficial no facebook e criar tópicos pedindo ajuda a quem mora na cidade, e deu certo... por lá consegui encontrar um camping perto do evento, pois como o evento não tinha espaço para o mesmo, não queriamos ficar longe do centro de eventos, para conseguir ir e voltar a pé, e deixar a moto estacionada para poder beber e chegar em segurança.
A preocupação é se haveria vagas, as pousadas proximas estavam lotadas, meu irmão não curte camping e acabou optando por uma pousada a 2 km do evento pois era a unica ainda com quartos disponiveis , eu como curto um camping optei por fazer reserva no camping do cupim, que ficava 10 min a pé da onde rolava os shows.
Também descobri que o valor do ingresso era r$5 reais ou 2 kg de alimentos para a doação, suave demais, onde aqui em São paulo que vemos Titãs tocar com o ingresso por esse valor?
Tudo pronto, então hora de pegar estrada, 3 horas até caraguatatuba de moto, estrada suave... até a serra, que confesso dar medinho por ser curva atras de curva, e limite a 20 por hora por elas serem tão fechadas, chega a fazer um certo transito para executa-las, e a neblina sempre presente, mas sobrevivemos!

(Camping do cuping, onde a simplicidade tem vez)


Pelo valor de r$30 por pessoa, nos hospedamos num camping bem roots proximo ao centro da cidade, é simplesmente uma área simples em meio a urbanização praiana, tudo é simples, inclusive as pessoas que são donas, o que é a melhor parte.
Neste camping os donos são um casal e suas duas filhas, gente do bem, sempre preocupados com nosso bem estar, sempre sorrindo, conversando, tentando nos deixar o mais a vontade possivel, o que mais me chamou a atenção é de como o "Cupim", apelido do dono do camping, é atencioso com suas filhas, todo dia acordandoc edo para levar as pequenas para o ballet, natação, sempre dando a maior atenção para elas, tirando seu tempo para brincar  com suas meninas, sempre sorrindo, com a maior paciência e boa vontade, dá gosto ver!

A idéia dele é construir um campimg bem ao estilo rancho, com a pegada natureza e simplicidade, ele ainda está começando com o camping e pretende criar um mezanino com suites numa area suspensa no camping, eu gosto desse ar simples, o unico defeito que eu posso falar agora é que o camping só tinha um banheiro, tanto para banho quanto para uso geral, o que gera certo desconforto quando o camping fica cheio, mas é algo que ele ainda está construindo, então acredito que melhore com o tempo, mesmo assim eu não troco camping por hotéis, nos campings você conhece pessoas de muitos lugares, faz amizades, tem sempre cia, é mais social do que a frieza dos corredores de hotéis

(E ele ainda toca Rod Stwart num volume bem alto)

Lá por exemplo eu conheci o dono deste tricíclo, que era muito simpático, fez questão de conhecer a minha moto, e ainda me apresentou orgulhosamente o seu tricíclo, que estava sendo reformado por ele mesmo em seu quintal, e possui sistema de som, alarme personalizado, motor diferenciado e muita história de estrada para contar,e que ele ficou muito feliz em compartilhar conosco!
Eu super recomendo o camping , e recomendo também que levem repelente e não se esuqeçam de passar, afinal eu esqueci e estou ainda sofrendo até agora com as picadas de mutuca.

(Minha Gemma da humildade em meio a tanta moto potente)

Chegamos em Caraguatatuba na hora do almoço, na sexta feira, segundo dia de evento, o programo era chegar pela manhã de sexta e ir embora segunda pela manhã, o primeiro dia  foi de "reconhecimento da cidade", encontrar a área de evento, encontrar o camping,  calcular as distância, da ruma olhada no evento, montar barraca e descansar um pouco...
Após montar nossa parafernalha, saimos para almoçar e dar uma volta de moto, estacionamos no evento, mas decidimos passear pela praia, entrariamos apenas para os shows noturnos.

(Centro de eventos)

O evento rolou no centro de eventos da cidade, cedido pela prefeitura,  e foi montado nos padrões de qualquer evento de motociclistas: estandes de lojas de acessórios para moto: roupas, capacetes, alforjes, bugigangas rockers, o que me chateia é sempre encontrar a mesmice nos estandes, nunca tem novidade, sempre as mesmas lojas, e tudo se baseia em torno de merchan da Harley Davidson, eu por exemplo queria um chaveiro da yamaha para minha moto e simplesmente não consegui encontrar, pois todos tinha o logo da Harley.
Neste evento não teve muitas opções vegetarianas no cardápio, a única opção para os não carnivoros lá dentro era pizza, mas o som estava ótimo, e a organização também, apesar dos banheiros femininos estarem um caos, sujos e sem papel.

Aqueles cervejeiros que você respeita

Porém a noite os shows compensaram tudo, as bandas foram muito bem escolhidas e o som e o palco eram ótimos, suspenso, dava para ver bem o palco todo de todos os lugares, sem aperto algum, abertura oficial com velhas virgens foi animadissima! Aproiveitamos para enxer a cara ao som bohêmio dos caras com maestria!

(3 minutos segurando a respiração para tirar essa foto sem morrer intoxicada com o ar putrido)

O terceiro dia de evento (segundo para nós), é o que eu chamaria de dia da resseca, aquele dia que você tem  que pegar leve por que abusou do alcool na noite anterior, foi dia de dar uma volta pela cidade, pegar uma praia.... o que não rolou, o mais próximo da água que ficamos, foi num quiosque em uma praia de tombo que não dava para se banhar, infelizmente o restante da costa que não era de tombo estava simplesmente imunda, alguns lugares o cheiro era insuportavel, e nãos e via em lugar nenhum pessoas se banhando, o que é um pecado, mais uma vez os humanos destruindo as belezas da vida.
O jeito foi achar um quiosque, pedir umas cervejas e imaginar como seria bom se pudesse nadar, e depois de um leve descanso, rumar ao evento, desta vez mais cedo pois do lado havia um parque, e se tem uma coisa que a Tia Akasha aqui gosta, é de parques de diversão.

(Vista do parque ao lado do centro de eventos)

(Eu e meus amigos sendo vida loka na montanha russa)
R$20 reais 5 ingressos, esse é o preço da felicidade e de uma viagem a juventude , andando de montanha russa, kamikaze, chapéu mexicano e outros brinquedinhos que te rodavam até você achar que sua ressaca é o menor dos seus males, me fez ter saudades imensas do Playcenter!
Peguei leve no segundo dia de show do evento, era dedicado aos anos 80,l a musica estava animada, kid vinil, Kiko Zambiachi, Clemente do Plebe rude, animando os palcos, e minha ressaca martelando a minha cabeça, nada de bebida para a Akasha, 23 horas e eu ja estava a cmainho do camping para ficar inteira para o show de encerramento, e para conhecer um pouco ,ais da cidade, pois haviam me recomendado visitar o morro de santo antônio e eu estava decidida a ir saltar de paraglider por lá.

(Será que sobe? Me lembrem de não tentar de novo)

Terceiro dia de viagem, e uma das experiências mais divertidas e ao mesmo tempo assustadoras com a minha pequena Gemma da humildade pelas estradas... logo cedo, hora de tomar café, e dar uma volta de despedida pela cidade, decidimos visitar o morro de santo antônio, onde ocorre os vôos livres de paraglider, ficamos sabendo que era lindo, e que dava para chegar de moto, mas ninguem contou que de moto custom era um pouco mais estranho, pois o morro é pura subida em curvas nas alturas, e minha moto é extremamente baixa, e não tem tanta facilidade no guidão, sorte que meu amigo leandro é muito mais experiente do que eu, ou eu teria desistido na primeira curva, chorem comigo ao imaginar que subimos os dois na minha moto por este caminho abaixo



, mas ele conduziu essa  expedição com maestria, o que vale a pena, pois no primeiro estágio do morro nós temos esta vista:

(Vista da pista de vôo do morro de santo antônio)

O Morro Santo Antonio é bastante conhecido por conta da plataforma de voo livre, muito procurada por quem salta de asa delta e parapente, mas também oferece uma vista privilegiada de toda a enseada de Caraguatatuba e São Sebastião, além de boa parte de Ilhabela e muitas pessoas vão até o local pelo passeio junto à natureza e apreciar o magnífico visual proporcionado pelos 325 metros de altura do morro.
No início da subida existe um Posto de Fiscalização que faz o monitoramento do acesso ao local.
Existe restrição à quantidade de carros, apenas 18 veículos podem subir por vez com permanência limitada a 15 minutos. Por estes motivos muitos visitantes preferem subir a pé, curtindo a natureza – mas esta caminhada deve ser feita sempre em grupos para maior segurança de todos.

Para quem desejar fazer esta caminhada ou ir de carro, o início se dá seguindo pela rodovia Rio-Santos sentido Ubatuba até o Fórum de Caraguatatuba. O acesso ao Morro Santo Antônio é feito pela Estrada da Serraria no bairro Sumaré, estrada esta de terra mas com razoável manutenção, mas que pode trazer problemas em dias de chuva.

(Vista da cidade através dos paragliders)

 O segundo nivel do morro do santo antônio é uma ladeira gigante que leva até a pista de vôo livre, onde há os vôos de paraglider e asa delta, o vôo custa r$180, ou r$230 com a filmagem  e fotos inclusa, dura de 15 a 20 minutos, e o instrutor te leva para sobrevoar a cidade e aterrisar na praia, onde fica a sede da agência que organiza os passeios. Funciona não só durante o final de semana, como também durante a semana, precisando ser agendado e dependendo das condicões climáticas do evento.

(Haja coragem!)
 Da plataforma de vôo seus amigos podem ver de pertinho sua coragem (ou falta dela), na hora de saltar!
Passeio concluido, hora de descer de moto essa ladeirona toda cheia de curvas, rezando para não tomar o lendário rola duplo de moto, haja habilidade, pois eu mesmo não tenho!
Ainda bem que Deus proteje os loucos de espirito, os aventureiros, pois sobrevivemos e chegamos a tmepo do show do Titãs, quje fechava as festividades do Mega Caraguá, e meu Deus, que show fantástico!

(Toda a animação contagiante do show do Titãs) 

Apesar d etodas as mudanças que ocorreram no elenco da banda durante todos esses anos (saudades Nando Reis), o grupo não deixou a desejar,  teve os classicos, teve as atuais, teve muita energia, teve publico gritando, e tudo isso pelo módico valor de r$5, e a energia foi incrivel! Renovamos a alma!
Ainda bem que este show deu a força que faltava para subir a serra de ressaca, cansada, e com transito devido as obras por um trecho,mas sem duvidas foi uma viagem que valeu a pena, e com certeza ano que vem quero estar lá novamente se o universo permitir!

Desculpem pelo post longo, se eu não me cuidar fica mais longo ainda pois tenho que ficar escolhendo o que contar sobre a viagem, pois acontece tantas coisas, e eu tenho que ficar filtrando , mas espero ter passado o essencial, sena sua cidade ter este tipo de evento, me marque, eu adoraria conhecer :)
 Image and video hosting by TinyPic

Um comentário:

  1. Gosto muito de viajar, a minha próxima viagem agora é para Bonito MS. Desta vez vou realizar um passeio https://www.agenciasucuri.com.br/Passeios-Bonito

    ResponderExcluir

Em buscas de respostas? Eu também. Mas para que possamos descobrir elas juntos deixe seu comentario e até mesmo a sugestão de um tema a ser discutido aqui em nosso blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 27 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página