17 de dezembro de 2017


Quando eu era pequena, eu era muito curiosa sobre o japão... toda a riqueza de cultura, as tradições, a modernidade, tudo aquilo despertava a mente de uma criança com mania de querer descobrir o mundo, mas antes da internet, nós acreditavamos que muitos dos nossos sonhos eram impossiveis, principalmente por um motivo muito importante: dinheiro.
Quando virei adolescente, eu já mergulhava em sites, mapas, idiomas usando o computador como meu veículo de viagem e com o tempo fui aprendendo que é mais barato do que a gente pensa viajar pelo mundo, e que essa experiência vale mais a pena do que qualquer sapato ou maquiagem cara.
Fazem 3 anos que comecei a viajar para o exterior, e na minha cabeça fui montando uma lista de lugares que quero conhecer antes de morrer, e Japão era um dos últimos...  Eu não era chegada no japão? Claro que era, e ainda sou... mas o valor das passagens era muito cara para as minhas posses, mas hoje em dia com tanta concorrência de agências, cias aéreas, fica mais fácil de dar sorte de achar pacotes e passagens realmente baratos.. e foi assim que fui parar no Japão.


Conheci a Hatty a 5 anos atrás, quando ela viajava de Sergipe para São Paulo, e tinha amizade com um ex affair que eu tinha na época, que acabou nos apresentando, ele se foi da minha vida um tempo depois, ela ficou... Descobrimos que nascemos no mesmo dia, decidimos comemorar o aniversário juntas, e daí começou uma amizade longa que já nos rendeu algumas viagens e aventuras pelo Brasil..
A um ano a Hatty começou a me convencer a ir com ela pro Japão, respondi que no dia que ela encontrasse um valor barato para as passagens, a gente ia... meses depois, ela encontrou uma promoção dando sopa no Hotel urbano onde pagamos R$4.300 cada, parcelado em 5x.
A hatty queria ir para conhecer a cultura e treinar o idioma, já que esta fazendo faculdade de Letras, para Japonês, eu para treinar as minhas andanças no mundo... decidimos aceitar o desafio e partir.
Tivemos um pouco de trabalho com o Hotel Urbano, que fez as reservas de passagem e mandou os vouchers bem depois do prazo proposto, e apenas depois de termos aberto reclamação no ReclameAqui, o que atrapalhou um pouco na hora de tirar o visto.. A epopéia do  visto, eu contei por cima num video do youtube, e fica aqui a dica para quem quer tirar duvidas sobre passaporte e visto de turismo:



Viagens internacionais, ainda mais promocionais e econômicas exigem paciência e amor pela coisa, ou você endoida no caminho... Foram 30 horas até o Japão, com escala na Etiópia, e uma parada em Hong Kong para abastecer, limpar o avião e pegar mais passageiros, com a gente dentro.


Viajamos com a Ethyopian Airlines, e nosso vôo do Brasil Até a Etiópia foi um amorzinho... a comida era boa, as sobremesas melhores ainda, apesar de pecarem por não ter cardápio vegetariano, o serviço de bordo também  serve refeições a cada 2 ou 3 horas, e sempre passavam servindo água...o único problema era muita gente pra pouco banheiro, tendo ainda um deles sido interditado.
Do aeroporto de Addis Adabba na Etiópia o serviço começa a decair, a comida muitas vezes é intragavel, serviço de bordo ruim, e um martirio para entender tudo o que se passa, foi dureza tanto na ida, e na volta todos foram bem ruins no quesito serviço de bordo e alimentação.
Somando esse fato ao fato de termos tido problemas com o hotel urbano, me deu um medinho de como seria nossa hospedagem e estadia no Japão, mas me surpreendeu o que encontramos...


Ficamos hospedadas no Hotel Mystays Kameido, no bairro Kameido, em Tókyo, chegamos no Aeropoto de Narita com o Roteiro na mão, e um mapa das linhas e trens que deveriamos pegar até nosso hotel, o que ajudou muito! Não tem como se virar em Tokyo, tendo pouco tempo e nenhum roteiro, então dessa vez eu sai preparada para bater perna. No aeroporto compramos um chip de internet para poder usar o maps a vontade, e poder se guiar mesmo sem falar japonês, rolou um arrependimento em duas questões: 1 - Poderiamos  ter pego menos gigas, não usamos nem metade disso em 7 dias. 2- Comprar chip no aeroporto eles metem a faca, bom mesmo é comprar na Yodobashi, em Akihabara, que sai a mesma quantidade de gigas pela metade do preço!
O Hotel ficava a uns 10 minutos da estação de Kameido, chegamos a noite e nos deparamos com essas vielinhas lindas, com bares bem tradicionais e uma cara de rua de filme.
De dia, na frente do Hotel podia ver as lindas árvores na praça que dava acesso ao metrô, e por eprto recheado de mercados 24 horas e restaurantes:



O Hotel era de uma privacidade inigualavel, quarto pequeno mais confortável, não fique chateado por não ter foto aqui, fiz um Tour em video pelo Hotel e ele irá para o Canal em breve, ao contrário do que as pessoas me falaram, e que vi em videos, é bem fácil se virar apenas com inglês por lá... Português não, claro, mas eu peguei trens, troquei passagens, aluguei o chip da internet, pedi informações, usando o bom e velho inglês, e dos adolescentes aos idosos me respondiam, intercalando inglês, japonês e muita mimica...
Nos acomodando a noite no Hotel, só jantamos no quarto e nos preparamos para nosso roteiro, que infelizmente era de apenas 7 dias, então teve que ser bem pensado e planejado, para dar tempo de fazer tudo

Nosso Roteiro acabou ficando assim:

Dia 1 - Disney Tokyo
Dia 2- Asakusa e sumida
Dia 3- Ueno e Akihabara
Dia 4 -  Harajuko  e Shibuya
Dia 5 - Mercado de peixes, palacio imperial, Ginza, Roppong Hills e Shinjuku
Dia 6 - De volta a Akihabara e Ginza
Dia 7 - Kameido para Narita

Vou fazer posts mais detalhados com fotos e videos de cada local que visitamos para contar o que tem em cada destino, e o que aprontamos por lá, gravei mais de 50 gigas no japão, e sintetizei tudo em 15 videos de aproximadamente 20 minutos para o youtube, onde teremos videos 3x por semana, num especial sobre essa viagem... Se inscreva para não perder nenhum video <3 p="">Vejo vocês no próximo post...




Image and video hosting by TinyPic

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 28 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página