24 de julho de 2016


Stranger Things é uma série original da Netflix criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer. Drama, mistério e suspense são o carro-chefe da série que tomou conta das redes sociais desde seu lançamento na plataforma de streaming, no último dia (15).

A Netflix tornou-se conhecida pela originalidade e ousadia em suas produções. Ambientada na década de 80, Stranger Things se sobressai ao apostar em um elenco de crianças como protagonistas. Mike, Dustin, Lucas e Will carregam a série com o carisma, a sinceridade, as promessas de amizade e o olhar inocente inerentes a qualquer criança.

Enquanto voltava para casa após jogar 10 horas de RPG Dungeons & Dragons com os amigos, Will desaparece misteriosamente e se torna o principal assunto da cidadezinha de Hawkings, Indiana. Sua mãe Joyce Byers (Winona Ryder), o chefe da polícia local Jim Hopper (David Harbour) e seus três melhores amigos se envolvem em acontecimentos misteriosos e não medem esforços para encontrá-lo.

Winona Ryder rouba a cena com uma personagem que está a todo momento prestes a desmoronar, mas persiste.
No final dos anos 1980 e em grande parte dos anos 1990, a atriz, cujo padrinho era o entusiasta do LSD Timothy Leary, foi uma espécie de emblema do "cool": namorou Johnny Depp e o vocalista do Soul Asylum, Dave Pirner, e inspirou uma banda punk dos anos 1980 a se chamar Wynona Riders. De acordo com os Duffers, de 32 anos, a reação online ao trailer de Stranger things, que se passa nos anos 1980, revelou uma profunda nostalgia por Winona.

As referências à cultura pop da época se fazem presentes no desenrolar dos 8 episódios, provocando nostalgia e identificação do público. A preocupação com mínimos detalhes para compor o cenário, os figurinos e a interação dos personagens desperta uma vontade de viver na época em que as brincadeiras aconteciam fora do mundo virtual e as crianças passeavam de bicicletas.

Eleven/Onze (Millie Brown) também se destaca por ser uma personagem (criança) com poderes de telecinese, que apesar das poucas falas, consegue tocar o público com sua dor, cansaço e medo através de suas expressões e de seu silêncio.

Stranger Things é de uma sensibilidade e densidade na construção dos personagens. Grande aposta que provoca total imersão nos clássicos dos anos 80. Uma série para ser assistida de um fôlego só

Fonte: http://cinegrafando.ne10.uol.com.br/2016/07/22/stranger-things/

Trilha sonora:

A trilha sonora é uma coisa exemplar que traz mais uma vez todo o clima dos anos 80 que a série precisa. Começando com a música tema totalmente feita em sintetizador algo muito comum naquela época, passando pelas músicas inseridas no meio do episódio, todas elas também músicas da época muito bem escolhidas para cada momento, e obviamente preciso falar sobre a importância da música Should I Stay or Should I Go do The Clash que desempenha um papel crucial na trama da série.

Referências

A série é repleta de referências bem sacadas que não satura a série e é totalmente bem encaixadas.. você consegue ver a influência de King e Spielberg no enredo da série, mas não para por aí. A série é uma bela homenagem ao entretenimento dos anos 80. Se você cresceu com filmes como Goonies, E.T, A Coisa entre diversos filmes de mistério e aventura dos anos 80, você vai ter uma deliciosa sensação de familiaridade com Stranger Things, pois desde as referências de enredo até as referências reais que a série traz (Star Wars, Dungeons and Dragons, Senhor dos Anéis) temos uma imersão completa nos anos 80. Até mesmo a música tema da introdução da série, ou as fontes usadas nos créditos são grandes odes à essa época nostálgica.


Veja algumas referências cinematográficas presentes na série:

.



1. Assalto ao 13º DP e Halloween
O trabalho do compositor de cinema americano John Carpenter parece ter influenciado muito na escolha do tema de abertura de "Stranger Things". Kyle Dixon e Michael Stein, responsáveis pela música do programa, usaram todo aquele clima e os inconfundíveis sintetizadores de Carpenter, como nas obras "Halloween" (escute aqui) e "Assalto ao 13º DP" (escute aqui).

2. Alien, o 8º Passageiro
É inegável que a criatura que apavorou a pequena cidade de Hawkins teve muita inspiração no famoso Alien

3. Poltergeist –  O Fenômeno
Além das cenas em que Joyce consegue ouvir o seu filho falando de dentro das paredes da casa, assim como acontece com Diane Freeling, em "Poltergeist – O Fenômeno", há a icônica cena em que uma garotinha loira é atraída para a luz.

4. E.T. – O Extraterrestre
 Crianças fazendo amizade com alguém "de fora", precisando inventar disfarces para enganar os adultos e muitas bicicletas: tem como não lembrar de "E.T. – O Extraterrestre"?

5. Viagens Alucinantes
Para elevar o seu potencial psíquico, Eleven precisa entrar em um tanque de privação sensorial, que envolve água e muito sal. Esse recurso também é usado no filme "Viagens Alucinantes", de 1980, quando o professor Edward Jessup estuda casos de esquizofrenia e a manifestação de simbolismos religiosos.





6. Clube dos Cinco
Logo no início da série, somos apresentados ao núcleo adolescente da trama. Como não poderia ser diferente, temos a garota bonita, o galã babaca, a nerd e o esquisitão.
7. Blow-Up – Depois Daquele Beijo
A cena em que Jonathan faz alguns registros fotográficos de Nancy e Barb e, posteriormente, descobre ter fotografado também a criatura, pode remeter à obra "Blow-up – Depois Daquele Beijo", em que Michelangelo Antonioni tira uma foto de um casal no parque e, acidentalmente, registra a cena de um assassinato.

8. Janela Indiscreta e Dublê de Corpo
Um pouco antes de Jonathan fazer a última foto de Barb, ele tira algumas fotos de Nancy pela janela enquanto a jovem retira a blusa. A cena lembra o filme "Dublê de Corpo" e o clássico "Janela Indiscreta".

9. Contatos Imediatos de Terceiro Grau
Quando o eletricista Roy Neary vivencia um contato imediato de terceiro grau e presencia o que parecia ser uma perseguição policial a OVNIs, seu fascínio pelo assunto o deixa surtado. Ele passa a construir o modelo de uma montanha que não sai da sua mente, não se preocupando com o bem-estar de sua família. Do mesmo modo, Joyce não mede consequências ao tentar se comunicar com o filho, pintando letras nas paredes, pendurando centenas de lâmpadas e até mesmo derrubando um pedaço da parede.




10. Chamas da Vingança
Será que toda essa associação de poderes psíquicos com sangramentos no nariz veio do filme "Chamas da Vingança"? Há também as cenas em que a pequena Charlie aparece com sensores cerebrais durante alguns testes experimentais. Ah! E não podemos deixar de citar que o filme é baseado no livro "A Incendiária", de Stephen King.

11. Os Goonies
 Apesar de o drama vivido pelos amigos de "Stranger Things" ser incomparável à trama de "Os Goonies", o clima entre os grupos de garotos e o humor são bem similares.

12. Conta Comigo
Nos dois filmes há quatro garotos que saem em uma jornada e precisam lidar com a morte.





13. Tubarão
Assim como o predador de "Tubarão", a criatura de "Stranger Things" também acha as suas vítimas através do sangue.

14. A Hora do Pesadelo
Toda vez que Eleven vai para o "outro lado", ou o "mundo invertido", ela fica vulnerável à criatura que vive no escuro e precisa que uma pessoa a puxe de volta para a realidade. É mais ou menos o mesmo conceito de "A Hora do Pesadelo", em que Freddy Krueger ataca adolescentes em seus sonhos.

15. Jogos Fatais
Da mesma forma que ninguém consegue ter acesso ao Departamento de Energia em Hawkins, em "Jogos Fatais", um edifício do governo é disfarçado de instalação médica, quando, na verdade, é um laboratório secreto para refino de plutônio.

16. Eles Vivem
A briga entre Jonathan e Steve em um beco é uma homenagem à luta prolongada entre Roddy Piper e Keith David, em "Eles Vivem".


17. Videodrome – A Síndrome do Vídeo
A barreira quase inexistente entre o mundo real e o invertido é bem parecida com a do filme "Videodrome – A Síndrome do Vídeo".

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/televisao/99664-voce-reconheceu-essas-17-referencias-em-stranger-things.htm


A segunda temporada já foi confirmada, e está sendo ansiosamente aguardada pelos nostalgicos fãs dos anos 80... agora é só aguardar <3 nbsp="" p="">

Image and video hosting by TinyPic

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 27 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página