26 de maio de 2015
Foto: nossa chegada a calama
Quando eu tomei a decisão de fazer meu primeiro mochilão eu não sabia ao certo o que eu estava fazendo, ou pra onde eu queria ir, então decidi fazer o que qualquer pessoa normal faria: buscar no google viajens para mochileiros, e tudo o que continha as palavras "mochileiro iniciante" já me deixava mais animada.
Eu tinha que levar em considereção duas coisas: um lugar que fosse tranquilo uma mulher viajar sozinha, e um lugar que ao menos a passagem entrasse no meu orçamento. Nas minha busca da madrugada acabei gastando um tempo no site mochileiros.com, onde tem uma área reservada para as pessoas que vão viajar e procuram cia, eu achei uma boa oportunidade para me sentir um pouco mais segura, ter pessoas que aparentemente tinham experiencia em outras viagens, e com certeza mais experiencia em roteiros, passagens e moedas.
Pra ser sincera minha vontade era ir pra europa, na verdade quem não gostaria de conhecer algum pais da europa algum dia? Mas devido meu orçamento optei para ir para a america do sul.... ainda mais quando encontrei um topico chamado "Mochilão: atacama, uyuni e PATAGÔNIA.". O patagônia escrito em capslock foi intencional, afinal é quase assim que li... na verdade li apenas o PATAGÔNIA. A uns anos atrás um amigo havia postado uma foto navegando nas águas da antartica em ushuaya, e foi amor a primeira vista... eu vivia dizendo pra ele que queria muito conhecer a patagônia, e decidi começar logo com um dos lugares que era meu sonho incubado.
Entrei em contato com o dono do tópico, e em umas 2 horas de conversa telefonica, mais umas 12 de espera, eu já havia comprado as passagens e estava decidida, meu mochilão começaria em 4 meses minha expedição começaria.
O rapaz orçou a viagem em 3 mil reais fora a passagem, a passagem me custou 1200 reais, saindo de são paulo para calama, e de calama a ida, e a volta de punta arenas para São paulo. Seriam 30 dias, tinhamos um grupo no whatsapp, compartilhavamos o roteiro que continha idas a vina del mar, pucon, santiago, buenos aires, san pedro, yuini, torres del paine e outros lugares...
Parecia tudo certo, agora eu só tinha que trabalhar que nem uma louca para levantar uns 4 mil reais e ser feliz em torres , E o tempo passou assim, conversas no grupo, abdicação de balada, abdicação de meu tempo, trabalhando 24 horas por dia, abrindo promoção de books, correndo atras de vacina, de cambio, e então o dia da viagem começou:

(Fotos - Santiago, chile)

Fevereiro foi o mês da viagem, eu já havia conhecido metade do grupo pessoalmente, viajando para o sul, encontrando um deles em são paulo, de um grupo de 10 pessoas acabou saindo em 7 rumo a nossa viagem, gente de Brasilia, Piaui, São Paulo, Passo fundo, 3 num avião, 2 em outro, mais dois em outro, 5 se encontraram em Santiago, chile, para a conexão  para calama. Foram 8 horas esperando no aeroporto o proximo avião, dormindo, em chão de aeroporto, preocupados com dois que perderam o avião, se conhecendo, conversando, ficando ansiosos.
De santiago, avião por conexão a calama, cidade com aeroporto mais próxima a San pedro

Foto por Laura rocha de oliveira /DF
Foto: Esperando o ônibus em calama

Aeroporto de Calama, hora de ir para San pedro, do aeroporto sai ônibus para o centro de calama, onde se pode pegar os ônibus para lá, do aeroporto pegamos um taxi, que saia em conta dividindo em 3 e 2 em cada carro, o taxi nos deixou na frente do terminal onde saia o ônibus, e custou cerca de 6 reais para cada um. Calama é uma cidade onde todos os lugares tem avisos "roubos e furtos são frequentes, cuidado com suas coisas", no restaurante deixamos nossas coisas amontoadas ao nosso lado, e mesmo assim a garçonete veio avisar que precisavamos ter cuidado com as coisas ali, devido a roubos e furtos. Cidade com cara de simplicidade, ruas que lembram a bolivia, sinais das lindas montanhas do chile.
Compramos as passagens para San pedro e aguardamos algumas horas o ônibus dentro do terminal, que dispunha de wifi, aquele sol de rachar a cuca... se não me engano pagamos uns 60 reais na passagem para san pedro, depois foi a hora de embarcar... apertados, cheiod e malas, num onibus onde não se pode deixar as coisas no bagageiro devido a: ROUBOS.

Foto por Laura rocha de oliveira /DF
(Foto: Centro de San pedro de atacama)

San pedro de atacama é uma cidade que  me enganou de principio. O ônibus para numa parte longe do tradicional centro, e quando você olha ao lado dá aquela sensação de pobreza extrema e desolação, ao descer do onibus vai ter muita gente pra te botar medo "não cidade não tem comida, na cidade não tem água, na cidade não tem internet", e se você chega assim desavisado, somando a vista ao redor, entra em desespero, como entramos, afinal o calor é de matar, imagina ficar sem agua e comida? Você também encontrará diversas pessoas  oferecendo vagas em hostels diversos, e terá que pesquisar bem pois cada um conta sua historia, e tem gente oferecendo quarto compartilhado sem internet, cozinha, por 14 mil pesos.
Depois de receber algumas propostas optamos pela proposta mais barata: La casa del sol nasciente... um hostel simpatico próximo ao centro histórico, que custava 8 mil pesos (40 reais) a noite
Quarto compartilhado, com cozinha, banheiros e internet wifi.
E o melhor: Muita gente, MUITA E MUITA GENTE ANIMADA, fazendo festa o tempo todo, conversando, interagindo, cada um de uma parte do mundo.


Foto: Parte do pessoal que conheci no hostel casa del sol nasciente

Na casa dol sol nasciente me apaixonei umas 3 vezes e fiz amigos estrangeiros que quero levar pra vida inteira, E foi em san pedro que começou minha paixão por piscu sauer, que custa cerca de 3 mil pesos chilenos a garrafa (15 reais), e também ha o viño de carton, que custa 2500 pesos (cerca de 13 reais 2 litros), ou seja.. bebados todos os dias! Para comer e beber fora é caro pra xuxu, então por favor pegue um hostel com cozinha e cozinhe seus próprios alimentos, de preferencia  leve parte deles do Brasil.
A casa del sol nasciente é ótimo pra treinar seu idioma, encontrei pessoas de israel, alemanha, italia, russia, chile, estados unidos, nova zelandia.. e é uma cidade que acolhe seus turistas. Logo no primeiro dia já descobri que rolava festas no deserto que eles chama de "Playa", que consiste em pessoas juntas, bebendo, conversando em volta de uma fogueira a noite toda.
A casa del sol nasciente conta com área de camping, que custa 4 mil pesos chilenos (20 reais), a metade do quarto,e  fica numa área bacana, no exterior do hostel, com ligação ao lounge, a cozinha, e aos banheiros... pena que descobri depois, pois teria econimzado uma grana pois levei barraca e saco de dormir, e eles oferecem colchão e tablados para colocar em baixo das barracas.
Se você fuma, leve cigarro do brasil, um maço de luckstryke por exemplo custa cerca de 15 reais, e cerveja.. dê adeus, cerca de 15 reais a garrafa de 600 ml.

Foto por Laura rocha de oliveira /DF

SOBRE O QUE VOCÊ PRECISA SABER ANTES DE PAGAR POR EXCURSÕES EM SAN PEDRO (E QUE EU GOSTARIA QUE TIVESSEM ME CONTADO)

Como deu para perceber, o marketing é o forte dos habitantes de san pedro, que vivem do turismo que a cidade recebe, então vão te apavorar as vezes para conseguir ganhar sua grana com passeios, acomodações e afins, e se vc tivedr desavisado, vai cair e gastar uma grana.
Nós tinhamos pouco tempo, e nos primeiros dias de viagem, com 3 mil reais no bolso começamos a nos achar RYCOS. Moral da historia, em 4 dias no atacama, de 3 mil reais já tinha sobrado 1,500, o resto tinha sido gasto em acomodação, comida, bebida, e passeios.
Uma coisa que eu devo te alertar: A MAIORIA DOS PASSEIOS EM SAN PEDRO DÁ PRA FAZER DE BICICLETA. Você aluga uma bicicleta pelo dia inteiro com cerca de 15 reais.,  3 dias de passeio gastará 45 reais ao invés de R$250 reais que as agencias cobram pra te levar de vã, cai nessa besteira de fechar pacote no primeiro dia com medo do tempo que tinhamos para fazer tudo. Fale primeiro com os habitantes e viajantes, descubra os meios mais baratos, os caminhos. As agencias fazem percursos rapidos e roteiros limitados, de bicicleta você conhece os vales proposto pelas agencias, e de bicileta pode conhecer os vales, os vulcões, a cidade, o forte, e pagar mais barato em uma vã apenas para os gayzers, por exemplo.

Foto: Nossa ida aos Gêiseres do Tatio
Foto por Laura rocha de oliveira /DF

Sobre San Pedro: 

Entre os becos de terra deste antigo povoado, um dos mais fotografados pelas revistas especializadas, funde-se o misticismo das culturas ancestrais com o turismo moderno.

A 102 km de Calama, a cidade mais próxima, San Pedro de Atacama é terra principalmente de etnias indígenas, hoje dedicadas à agricultura e ao turismo. Na antiga praza, sua igreja, que data de 1774, vai revelando os costumes dos seus habitantes: esqueleto de madeira de cacto, adobe e vigas de algaroba amarradas com couro. O Museo Arqueológico R. P. Gustavo Le Paige, está perto dali, onde impressionam as múmias e objetos cotidianos que revelam a riqueza das culturas da zona.

O povoado está cheio de bancas de artesanato, onde é possível comprar tecidos, joias ou ervas, como folhas de coca, cuja infusão pode salvá-lo da puna (ou “mal da altitude”) se quiser ascender até os Gêiseres de El Tatio. A 4.300 metros acima do nível do mar, não esqueça visitar este campo geotérmico ao amanhecer, uma das maravilhas naturais com mais visitas por ano. Ao voltar por esse mesmo caminho, é possível descansar nas águas de 30°C das termas de Puritama. Uma delicia.

Saindo de San Pedro para o sudeste, continuam os espetáculos: O povoado deToconao, a Salina do Atacama e a Lagoa Chaxa, morada de flamingos e outras aves altiplánicas.

Existem lugares que são melhores no entardecer, como o Vale da Lua o Vale da Morte. Só nesse momento oferecem as belas sombras de mudantes cores, ideais para a fotografia. Desde San Pedro, é possível chegar de bicicleta.

Todos estes lugares formam parte da Reserva Nacional Los Flamencos que, nos seus quase 74 mil hectares, partilha em sete setores os diferentes cenários naturais. Existem tours para percorrê-los todos.

Para completar uma jornada cheia de sensações, em San Pedro de Atacama há pubs e restaurantes que seduzem com excelentes propostas gastronómicas.

De noite, o melhor é esperar o sonho rodeado de estrelas e escutando o canto das corujas.

Lugares destacados de San Pedro de Atacama

1 - Chiu Chiu
2 - Gêiseres do Tatio
3 - Ollagüe
4 -Reserva Nacional Los Flamencos
5 - Salar de Atacama
6- Toconao
7 - Vale da Morte – Vale da Lua
(fonte do texto sobre atacama: http://chile.travel/pt-br/aonde-ir/deserto-de-atacama/san-pedro-do-atacama)

Passeando com agências, que por acaso são milhares na cidade (e alguns podem muito bem ser feitos de bicicleta):

Lagunas Altiplânicas, San pedro atacama, Chile. Lagoas onde não se afunda devido a grande quantidade de sal. Leve sua água para jogar no corpo assim que sair, ou pode até ter uma alergia.

Vale de la muerte - san pedro de atacama - Chile. Para ele e para o moon valey dá pra ir de bicicleta, com calma, aproveitando a vista e a rodovia solitaria no deserto, levando uma mochila com agua, protetor e comida. As agencias ficam apenas 30 minutos lá, de bicicleta você pode ter seu tempo e aproveitar melhor a paisagem.

Foto por Laura rocha de oliveira /DF
Geisers de Tatio. Lindo! Recomendo ir por agência, para aproveitar tem que sair umas 4 da manhã, para ver o por do sol, e se tiver coragem tomar um banho nas aguas termicas em meio a paissagem fria.

Apanhado geral:
Tempo de estadia: 4 dias (o que julguei suficiente para conhecer san pedro) - Gastos total de calama a san pedro (incluindo o valor da excursão sem volta pro uyuni saindo de san pedro): R$1500, que podem ser reduzidos em muito se você for mais esperto que eu, não se empolgar e gastar com bebidas, cigarros,  comendo fora e optando por ficar em  camping ao invés de hostel.

No quarto dia em san pedro, hora de reunir a trupe e ir para o Salar de uyuni, há varias agencias que fazem o percurso e a diferença de preços entre elas é GIGANTE. Para percorrer o salar não tme como não ir de tour, você precisa pagar antecipadamente os jipes e os refugios para atravessar o deserto de sal.... Encontramos valores de 900 a R$375 de tanto pesquisar e chorar, e como eramos um grupo grande, demos sorte de conseguir por cerca de R$370 reais.

Mas esta história da ida e estadia no salar de uyuni fica pro pro próximo post ;)


San pedro do atacama: Como chegar

DE AVIÃO
Desde Santiago até Calama (2 horas). Não existem vôos diretos para San Pedro de Atacama. Serviços de transfers, taxis e jipes para alugar ou caminhonetes no aeroporto.
DE ÓNIBUS
Desde Calama até San Pedro de Atacama, serviço de ônibus cada duas horas, desde rodoviárias em diferentes pontos da cidade:
Na rua Granaderos, ao noroeste
Na rua Balmaceda, justo à frente da estação de trens
DE CARRO
Desde Calama, pela rota 23 direção leste (102 km), caminho asfaltado e em boas condições.
Desde Santiago para Calama, pela rota 5 norte até a bifurcação em Carmen Alto, pegar a rota 25 para o nordeste (215km).

Image and video hosting by TinyPic



3 comentários:

  1. Ansiosa pela continuação, também estou planejando esta viagem. Como você levou o dinheiro? Levou no cartão ou tudo na carteira?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi alessandra, eu levei 3 mil reais em pesos chilenos, mas recomendo levar em dolar e cambiar lá, de resto usei meu cartão de debito com autorização de aviso viagem

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Em buscas de respostas? Eu também. Mas para que possamos descobrir elas juntos deixe seu comentario e até mesmo a sugestão de um tema a ser discutido aqui em nosso blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Bem vindos!

akasha

akasha

::Akasha Lincourt::

Akasha Lincourt... Taurina, Bipolar, 27 anos, sem enquadramento social, mas com ótimas lentes 50mm distorcidas ao invés de olhos. Apaixonada pela vida, pela arte, pela moda alternativa e pela estrada...

"VIVA RÁPIDO. MORRA JOVEM. SEJA SELVAGEM. E SE DIVIRTA!

Eu acredito no país que a América costumava ser. Acredito na pessoa que quero me tornar, acredito na liberdade da Estrada aberta. E meu lema é o mesmo de sempre. "Acredito na gentileza de estranhos. E quando estou em guerra comigo mesma – dirijo. Apenas dirijo."

Quem é você? Você está em contato com todas as suas fantasias mais sombrias? Você criou uma vida para si mesma onde é livre para experimentá-la?

Eu criei. Sou maluca pra caramba. Mas sou livre"

Email: Akasha_lincourt@hotmail.com

mood

mood

Arquivo

Arquivo

Arquivo

Bloglovin

Follow on Bloglovin
Todos os direitos reservados as autoras - Proibido a reprodução de texto e imagem. Tecnologia do Blogger.

Seguidores

instagram

instagram

Instagram

Hey! Did you know that our users have generated 237 widgets within the

Linke

Linke

Link-me em seu blog / site:


contato

contato

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

lojas

lojas

Parceiros

Parceiros
Parceiros

conheça o inflamous

Face

Face

Minha página